Perseguição termina com dois presos e um garrote no porta-malas
Animal foi encontrado comprimido dentro de porta-malas de automóvel
Foto: Reprodução
Dois homens foram presos pela Polícia Militar durante a madrugada acusados de furtar gado em uma fazenda na região de Córrego Rico. Eles levavam um novilho no porta-malas do Fiat Uno. O animal estava espremido na lataria do veículo e os autores também poderão ser denunciados por maus tratos.
O sargento Faria e o cabo Rodrigues faziam patrulhamento nas imediações da ponte do Rio Paranaíba quando avistaram o Fiat Uno com dois indivíduos em atitude suspeita. Ao perceberem a viatura policial eles aceleraram, passando a serem acompanhados pelos policiais. Havia uma motocicleta com dois indivíduos que conseguiu fugir.
O Fiat Uno foi acompanhado até o final do bairro Jardim Paulistano, quando foi abandonado em uma área de pastagem com o novilho no porta-malas. O animal foi libertado e deixado em uma propriedade ao lado para ser levado para o Centro de Controle de Zoonoses, onde ficará à espera do dono.
O local foi cercado. Um dos autores foi encontrado deitado no meio do mato. O outro estava escondido dentro de um barril.  Bruno Sebastião Nunes de Oliveira, de 29 anos e Leonardo Gonçalves Nunes, de 25 anos foram presos em flagrante e conduzidos para a Delegacia da Polícia Civil.
Segundo o sargento Faria os dois jovens tem passagens pela polícia. O militar informou que os jovens serão autuados por furto e também pelo crime de maus tratos aos animais.
Fonte: Patos Hoje
Texto: Maurício Rocha